sábado, 29 de maio de 2010

O pior da vida é esperar notícias lidas, ultrapassadas se tornarem manchetes de um jornal cotidiano íntimo!


Tudo está girando agora.
Espero que não dependa de...
Tudo se perde quando você gira aquele botão.

Estamos tão dentro que fomos aceitos lá fora.

Compro tudo aquilo que lhe vê, para não existir mais.

Não minta!
Não esconda!
Não sussurre!
Sobre os lençóis aquilo que jamais sabe sobre você.

Soa tão alto que não posso dormir.
Você se inalava tão cheia daquilo que jamais vai conseguir comprar.
Amor de vidro.

2 comentários:

Erica Saraiva disse...

Looongas ausências as nossas neh...

;)

semgraçado disse...

por algum motivo a parte do "estamos tão dentro que fomos aceitos lá fora" me fez pensar em Alice, quando ela diz que as melhores pessoas são meio amalucadas... E também tem aquele lance de que você tem aquilo que precisa, não sei bem... algo como somos felizes naturalmente.
Enfim, isso me fez pensar em muita coisa, gosto disso.