domingo, 22 de novembro de 2009

Renda-se as flores que lhe ofertarei!

Só quero dirigir por entre as tuas curvas, sem freio, sem fim, e mergulhar por entre teu coração pintado sob o chão.
Olhos de vidro, soa tão ácido quanto o que escorrega por entre minha garganta.

Levante os braços meu bem, só vim aqui nesta última noite pra lhe fazer sorrir.


Entrega-me teus medos, teus anseios, tua pele, teus dedos polidos e unhas belas, para que eu cuide em fé como nunca cuidei de mim.

Quando ligo meu quebra cabeça mental em seu coração, não há nada do que temer, além de quando estou sozinho longe de você.

Erga os braços meu amor, e veja que não há armas, comigo aonde for.
Quando levo teu encanto comigo, posso adormecer sob o sol noturno, que nada refresca-me a não ser seus tímidos lábios enlaçados.

Admita, erre-se e apreenda seus jeitos seguidos de beleza indutória.


Quero surfar por teus cabelos findados de cheiro alinhados como uma linha ferroviária.
O que teima em suas curvas desenhadas são linhas acesas em néon surreal.


Quero guardar teu sorriso em mim, para que quando acordar ouça-o dirigindo até a rua.

Acerte, em ser o que nós precisamos que seja para nós mesmos, por isso erga teus braços morena e deixe a minha chuva criada banhar e lavar todo o mal
que fizeram à ti meu bem.

Não minto para você, confesso este meu segredo como confessei quando lhe admirei pela primeira vez.

Não há fim, se não haver o inicio de tuas linhas que jamais terminarei em pinta-las.


Para que fechar a porta, se há uma janela começando debaixo do meu lápis?
Com você, aonde for até em ruas molhadas de ódio que não há.

Erga teus braços, banhe-se em mim, como se não houvesse dor antes e após.



Furtarei teu coração depois de desenhá-lo dentro das paredes do meu.

8 comentários:

Tahiná-Khan disse...

Oi Junior, recebi seu email! Qto tempo não venho por aqui! :) Legal! Aparece aí depois! beijo

Erica Saraiva disse...

Se nos cuidamos apenas quando cuidamos para os outros que será de nós...

Jurassik Dark disse...

Muito bom, vamos blogar o mundo!!!

visite http://jurassikdark.blogpot.com

Onde os Anos 80 Sobrevivem

Sara S2 disse...

Cara, vc È realmente fantastico com as palavras! conhece Fabricio Carpinejar? mt bommm ele tb, acho que tu iria gostar. Algo em vc me lembrou ele rs...Maravilhoso trabalho aqui!

Daniely disse...

Que declaração.Incrível, como sempre!

beijo.

JOY disse...

Estou dando uma passada rápida para atualizar minha leitura por aqui, se eu não voltar até a virada, quero desejar-lhe um FELIZ ANO NOVO, repleto de bençãos, saúde e muito amor.

Tudo de bom para você e sua família.

Beijo grande

http://joycebc.blogspot.com

JOY disse...

Estou dando uma passada rápida para atualizar minha leitura por aqui, se eu não voltar até a virada, quero desejar-lhe um FELIZ ANO NOVO, repleto de bençãos, saúde e muito amor.

Tudo de bom para você e sua família.

Beijo grande

http://joycebc.blogspot.com

Vanessa Souza Moraes disse...

Para que fechar a porta, se há uma janela começando debaixo do meu lápis?


"Eu que não bebo, pedi um conhaque
Prá enfrentar o inverno
Que entra pela porta
Que você deixou aberta ao sair..."
(Eu que não amo você, Humberto Gessinger)

Sigo-te também.